Total de visualizações de página

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

DESCOMPLICANDO O MUNDO

Descomplicando o mundo
Uncomplicated the word


"Quando você não tem nada a dizer, não diga nada."
[Charles Caleb Colton] 
Feliz ano novo
video

 Bom Ano Para todos que visitaram o blog, pessoas do Brasil e de outros países
Happy New Year 



















































































 Para ver as bandeiras dos visitantes estrangeiros entre em

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

BRASIL! POLITICOS ESTÃO PERDENDO A MINIMA NOÇÃO DO QUE É "TER VERGONHA NA CARA"

Não sou eu que estou falando, o POVO esta falando! Todos estão falando e a indignação é geral, menos eles que votam um aumento absurdo rapidamente e acham que esta tudo bem, logo vem o natal, fim de ano, depois Carnaval...o povo esquece devem pensar.... Mas ...
 EU NÃO VOU ESQUECER!!! E ESTES "CARAS NÃO ME REPRESENTAM"!!!
Qual seria a palavra para descrever tamanha "SACANAGEM", um amigo meu disse que este aumento era SURREAL
Todos estão lembrados que para o aumento dos aposentados, a discussão girava em torno de algo como 7% ou 6,5%, segundo os mesmos parlamentares não havia dinheiro para bancar um aumento maior. A pergunta agora é: Agora tem dinheiro para este aumento de mais de 60 % ? Quem estes "CARAS" JULGAM QUE SÃO PARA MERECER TAMANHA PREMIAÇÃO, COM O SUADO DINHEIRO PAGO PELOS IMPOSTOS PELO POVO QUE OS ELEGEU.Um dos maiores causadores da miséria, fome e violência social é justamente a enorme diferença entre os mais ricos e os mais pobres. O exemplo para começar a mudar isto teria que vir justamente desses políticos. O Brasil é um país rico, se tem crianças descalças indo pra escola, caminhando as vezes muitos kilometros só para tentar estudar, crianças revirando lixo, vendendo balas em faróis ou até mesmo indo pro crime, este sem duvida é um dos grandes causadores de tanta desgraça.

foto/taxi driver/montagem/gimp

video
BANDA TREM
O POVO NÃO MERECE
LETRA: WANDER PRADO
GUITARRA E VOCAL: WANDER PRADO
BAIXO: CLEUTON
BATERIA: ANDRÉ

O povo não merece

As suas palavras 
Não correspondem
Com as suas atitudes


As suas belas palavras
Não correspondem
Com as suas atitudes


E você diz que aqui
É o paraíso
E você diz que aqui
Não há miséria
Que aqui não existe 
Guerra
E que Deus 
É Brasileiro


O povo
Não merece
Ficar trancado em casa
Levar bala de graça
Pagar imposto...e...
Cadê o gerente


O povo
Não merece
O povo
Não merece
O povo não merece o país do futuro no presente
Se nem o futebol não pertence mais a gente
O povo
Não merece
O povo 
Não merece




Veja o que o presidente Lula falou sobre o assunto

Lula: tive azar, fiquei dois mandatos e não recebi aumento

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4853921-EI7896,00-Lula+tive+azar+fiquei+dois+mandatos+e+nao+recebi+aumento.html

A PULYTIKAJEN MADE BRAZIL
Como muitos já disseram, o Brasil é um país que parece que foi feito pela natureza por encomenda, grandes extensões de terras férteis, vasta área coberta pelo oceano Atlântico, bom clima, varias raças formam a população, o que pra mim explica a facilidade com que o brasileiro se adapte a varias situações, criando, inovando e com isto descobrindo novas formulas. O grande problema do país, de mais de 400 anos(vamos dar uns 100 anos de desconto) continua e vai seguir sendo politico. Estes "caras" que costumam encher a boca pra falar a palavra democracia, que da forma como eles a usam se chama "DEMONIOCRACIA" ESTÃO TRAVANDO O PROGRESSO DA POPULAÇÃO, porque com as suas inúmeras manobras, manipulações, controle do estado, formação de leis etc, usam a maquina publica que é financiada com dinheiro publico para beneficio próprio, e não pense que estes "caras" pensam no estrago que eles fazem para o país, eles dormem tranquilos como anjos,  como se tivessem tomado um "chá" e estivessem em delírio eterno, não vão acordar nunca, quem vai querer descer de uma das suas casas de praia de $ 1.000.000 com piscina, escadaria iluminada que desce até a praia para pensar os problemas do povo que trabalha muito, acorda as 5:00 da manha, vive parte de sua vida apertado como sardinha no transporte coletivo e  chega em casa só a noite. Naturalmente que existe muitos políticos sérios, representantes do executivo, do meio empresarial, também de parte das elites economicas e talvez daí, junto com a grande massa um dia a coisa comece a mudar e eu não estou falando em nenhuma ideia de um novo regime politico, socialismo, marxismo, capitalismo, simplesmente estou falando de respeito aos direitos básicos de toda a população, seja rico ou pobre, de família tradicional, de operário ou morador de rua.
Os vídeos que seguem, apesar de serem antigos(trata de fatos já passados), mas o assunto é o mesmo PULITYKAJEM
video

video
video
  Cazuza no programa do Chacrinha em 1987

domingo, 19 de dezembro de 2010

ARTESANATO/FEIRINHA DA TEODORO PERSONAGENS

Sábado,18 de Dezembro, uma semana antes do natal.

Um dia tranquilo para o pessoal da feirinha, todos puderam trabalhar sem nenhum problema com a fiscalização, o que mostra que é possível sim a legalização da feirinha aos sábados.
A feirinha na calçada da rua Teodoro, como já falamos varias vezes, já virou tradição, tem o apoio da maioria de moradores, lojistas, pessoas de todos os lugares, artistas que circulam na rua, curtem a feira, compram artesanato. sábado na Teodoro virou um dia de festa, onde as pessoas se encontram, "trocam uma ideia", compram artesanato, descanção da semana de trabalho.
Quem esteve na rua sábado foi o grande jornalista Chico Pinheiro que no pouco tempo que passou por ali demonstrou que além de ser um grande jornalista é também uma "grande figura", "muito gente boa" o que só reforça a imagem que passa pela televisão. Na verdade uma pessoa quando esta por muito tempo na midia, é muito conhecida, quando anda pela rua mesmo que não queira acaba chamando a atenção e cada um lida com isto da sua maneira, alguns passam uma ideia de distanciamento, parecido com..."eu sou o cara", mas muitos mostram o que são, conversam com as pessoas, agem de forma simples o que faz com que estas pessoas fiquem ainda mais respeitadas pelo publico.
Rogério e Chico Pinheiro

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

ARTESÃOS E O NATAL

O natal tem as suas surpresas, depois de 10 anos de"guerra" nas ruas de São Paulo, reivindicando um direito básico, ao trabalho, depois de ter contado a história do motivo pelo qual a maioria dos artesãos de São Paulo se encontram numa situação de marginalizaçaõ, depois ainda de, pra explicar melhor toda esta situação, termos trabalhado na câmara municipal de SP, na elaboração de um projeto de lei(PL 799/05) que depois de mais um ano esta perdido em alguma gaveta de algum gabinete de vereador, depois de 5 audiências publicas, onde apontamos erros e soluções , pedimos uma politica publica para o setor, novamente estamos a espera de uma decisão na questão da feirinha da Teodoro Sampaio aos sabados.
Esperando que finalmente tenha esta reunião e o poder publico tome uma decisão favorável a legalização da feirinha( temos mais de 6.000 assinaturas, mais a da maioria dos comerciantes da rua), aí vamos saber se o natal dos artesãos será, "100rapa" ou com"rapa", vamos esperar.

Seguimos com um abaixo assinado  na 
na Internet, é só entrar no link http://www.peticaopublica.com.br /PeticaoListaSignatarios.aspx?pi=P2010N4134


 preencher os campos obrigatórios, onde estiver escrito arte na rua, é só escrever arte na rua e assinar.
























Espero que seja um bom natal





















Mais fotos da Feirinha/ sábado 13 de Dezembro 2010



As pessoas seguem assinando


























































































































Fazendo o material escrito no protesto com papelão, lixo que no final do dia volta pro seu lugar, o lixo















































































































































































assinaturas















foto do blog culture-se
Este é o fotografo oficial da feirinha, seu equipamento sofisticadissimo, telefone celular
Nome: Sir. Rogério Amorim Santos


foto do blog culture-se




SER. OU QUERER PARECER?

Palavras...palavras...na verdade toda teoria acaba na pratica. É quando o "bicho pega " que toda razão, ou conhecimento intelectual vai "pro saco" e a verdadeira pessoa vai mostrar quem é de FATO
Vanderlei Prado

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

+ 1 NATAL DE CÃO PARA OS ARTESÃOS DE RUA DE SÃO PAULO?

Todo ano é a mesma coisa, do que melhorar as coisas para o pessoal das artes de rua de SP, tudo piora 100%, começando pela aumento da repressão ao nosso trabalho.
 Sábado dia 04/12 o nosso dia começou com o artesão Humberto perdendo as suas coisas para o "rapa",  que agora é a prefeitura, mais a policia militar.
Faz sentido um negocio deste, o poder publico que deveria ser o primeiro a apoiar iniciativas de geração de renda como os da feirinha da Teodoro, que inclusive aos sábados ajuda a aumentar as vendas das lojas ao redor, coloca vários soldados da PM, que deveriam estar prestando outros serviços de utilidade para as pessoas, o principal destes serviços, a segurança da população. Sem falar que o dinheiro que paga os salários da PM sai do bolso do cidadão.No nosso caso nós vamos pedir na câmara municipal que verifiquem na comissão de direitos humanos, a constitucionalidade desta ação da PM, porque se a constituição deste país não esta valendo mais nada e se governa por decretos, a vontade do administrador, então voltamos a era feudal. 
 O material de trabalho do artesão indo pro "SACO"
















O desrespeito do poder publico não esta atingindo somente os artesãos mas sim todas as pessoas que circulam pela rua aos sábados e gostam da feirinha funcionando ali, a maior prova disto é que elas assinam indignadas com a situação.
Também estamos fazendo abaixo assinado para as lojas e todos estão assinando, inclusive a Adidas.                              






























Cleuton tem 3 filhos pequenos, ele produz todo material em crochê, que leva muitos dias de trabalho, aos sábados na Teodoro, tem ainda que correr da policia.