segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

+ 1 NATAL DE CÃO PARA OS ARTESÃOS DE RUA DE SÃO PAULO?

Todo ano é a mesma coisa, do que melhorar as coisas para o pessoal das artes de rua de SP, tudo piora 100%, começando pela aumento da repressão ao nosso trabalho.
 Sábado dia 04/12 o nosso dia começou com o artesão Humberto perdendo as suas coisas para o "rapa",  que agora é a prefeitura, mais a policia militar.
Faz sentido um negocio deste, o poder publico que deveria ser o primeiro a apoiar iniciativas de geração de renda como os da feirinha da Teodoro, que inclusive aos sábados ajuda a aumentar as vendas das lojas ao redor, coloca vários soldados da PM, que deveriam estar prestando outros serviços de utilidade para as pessoas, o principal destes serviços, a segurança da população. Sem falar que o dinheiro que paga os salários da PM sai do bolso do cidadão.No nosso caso nós vamos pedir na câmara municipal que verifiquem na comissão de direitos humanos, a constitucionalidade desta ação da PM, porque se a constituição deste país não esta valendo mais nada e se governa por decretos, a vontade do administrador, então voltamos a era feudal. 
 O material de trabalho do artesão indo pro "SACO"
















O desrespeito do poder publico não esta atingindo somente os artesãos mas sim todas as pessoas que circulam pela rua aos sábados e gostam da feirinha funcionando ali, a maior prova disto é que elas assinam indignadas com a situação.
Também estamos fazendo abaixo assinado para as lojas e todos estão assinando, inclusive a Adidas.                              






























Cleuton tem 3 filhos pequenos, ele produz todo material em crochê, que leva muitos dias de trabalho, aos sábados na Teodoro, tem ainda que correr da policia.
























Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia do ladrão Fui roubado, entraram na minha casa, quebraram o vidro e arrombaram um cadeado, já era previsto e tinha tirado já ...