Total de visualizações de página

quinta-feira, 31 de março de 2011

O grande teatro da morte



Um assunto evitado; a morte, como se nunca fosse chegar, não queremos nem pensar no assunto,vamos adiando este confronto final, chega até parecer que somos imortais. Eu não vou morrer! Vou ser resgatado por uma nave luminosa e quando eu perceber o que esta acontecendo, já estarei em outro planeta, alguns trilhões de anos luz, um planeta cheio de cores , bandas de rock e todas as mulheres inatingiveis que passaram rapidamente pelo meu campo visual e mental, me deixando com aquela sensação ruim de ...eu quero isto!mas já foi...
Agora, caso não tiver jeito, nenhuma nave, nenhuma solução, terei que enfrentar todo o ritual calado e fechado, talvez até lacrado e com todas aquelas pessoas falando, contando as suas histórias, algumas até demonstrando mais que as outras o quanto estão sofrendo, o quanto foram seu amigo, você vira Santo, pessoa com tantas qualidades...Tem aquelas pessoas que ficam forçando e bancando o engraçadinho, sorrindo, querendo dizer que esta tudo bem; - Ele só morreu pessoal! Agora uma coisa é certeza e até confortador; nenhuma divida mais pra pagar, não mais filas intermináveis, medo de ser assaltado, não mais preocupação com o preço do feijão, não precisara se frustrar mais com a inutilidade do seu voto... e por aí vai... adios mundo CRUEL! Outra coisa também tenho certeza, caso existir vida depois da morte, eu não quero voltar pra este planeta novamente, tentarei burlar  o ministério dos assuntos para reencarnações, vou tentar seguir simplesmente planando sem prazo definido para aterrizagem.

video
Ramones: Pat Sematary



quarta-feira, 23 de março de 2011

Ninguem é o "CARA"! A passagem de Obama pelo Brasil.




De tempos em tempos vem um visitante estrangeiro ao Brasil(representando algum país) ou um presidente americano e na verdade a conversa segue mais ou menos a mesma de tempos passados; o Presidente americano elogia o Brasil, elevando o ego do povo lá paras alturas, antes era o país do futuro, o gigante e agora segundo o presidente Obama, o Brasil é o país do presente.Na pratica o que esta em jogo é a questão comercial, a venda de produtos, a defesa dos interesses de cada país. O que deveria ser feito não só pelo Brasil, mas  em todas as partes do planeta, era mudar as regras do jogo, simplificar, deixar de inventar nomes para convencer as massas de trabalhadores, que é quem na verdade "PEGA NO PESADO" , movimenta a riqueza do mundo. A regra deveria mudar simplesmente para; "Eu vendo, se você quer você compra e pra isto nos vamos pra mesa de negócios e acertamos as coisas de acordo com o que cada  um tem pra oferecer" Eu vendo se eu quiser, eu compro quando e o que eu quiser e de quem me oferecer melhores condições" Chega de história de país do futuro ou do presente,"caipirinha, pelé, Carnaval" chega de inventar termos e palavras pra enganar o povo: neo  liberalismo, globalização, nada disto existe, o que há de verdade é o protecionismo de cada país. A China com a sua moeda desvalorizada seus navios fabricas pela costa dos países, quer o que? Somente criar empregos no seu país e não ajudar o Brasil ou quem quer que seja.
Agora tem que existir regras de proteção pra  países pobres ou para países com escassez de alimentos ou determinado produto que não produza e necessite.
Obama é um "cara" legal, inspira confiança é bem intencionado mas como muitos dirigentes de outros países, depende de muitos fatores; o congresso, os donos do poder que investiram na sua campanha, a pressão da sociedade, mas naturalmente eu penso que ele é a pessoa certa neste momento e espero que algo comece a melhorar para os dois países e também pro resto do mundo.
No seu discurso quando ele elogia a democracia do Brasil, eu fiquei pensando:"Mas que democracia" pra mim o que existe no Brasil se chama "Demoniocracia". Aparentemente, claro que é melhor que a ditadura mas o uso capeão do estado pelos interesses do sistema financeiro e donos de imensas áreas de terras e poder segue igual ou pior e não da pra saber ao certo se morreram mais pessoas vitimas da ditadura ou agora vitimas do descaso, da falta de politicas publicas, politicas de segurança publica e saúde.
Um belo exemplo de " Demoniocracia" foi dado agora pelo supremo tribunal federal, quando em nome da legalidade jurídica, foi contra (não todos) mais de um milhão de votos do povo que não queria mais que políticos que não tinham a situação legal esclarecida não poderiam ocupar uma cadeira na politica. Onde esta o mesmo cumprimento da legalidade jurídica, da constituição, quando para defender o povo. Vou dar somente um exemplo; diz na constituição que as pessoas tem o direito mínimo a moradia, saúde e educação de qualidade. Que o cidadão tem o direito de ir e vir(cadê a proteção da segurança publica para que uma pessoa circule pelas ruas sem ser assassinado, assaltado etc) Cadê a democracia quando o estado diz que um chefe de família tem que viver com algo em torno de $500 enquanto um politico com mais de $20000. Democracia não trata de direitos iguais?

Fux desempata no STF e Ficha Limpa vale a partir de 2012http://br.noticias.yahoo.com/relator-mant%C3%A9m-voto-contra-ficha-limpa-em-2010-20110323-132452-560.html

 


sábado, 19 de março de 2011

sexta-feira, 18 de março de 2011

O desastre no Japão e os protestos por todo o mundo

Mais uma vez o mundo esta dizendo; "NÃO A ENERGIA NUCLEAR". Os fatos recentes só comprovam que o homem fabrica coisas,  coloca estas coisas para funcionar sem ter o controle e sem ter, ou faz de conta de não ter, a mínima noção das consequências se algo der errado com os seus "brinquedos" e com isto colocando em risco a vida de milhares de pessoas por todo o planeta.
Outro fato é que o mundo esta sendo destruído, milhares de pessoas morrendo por desastres naturais, guerras e desastres nada naturais causados pelo próprio homem, mas as pessoas seguem fazendo de conta que esta tudo bem, ninguém faz nada pra tentar mudar o curso mórbido do planeta( se é que temos ainda algum tempo pra tentar mudar) e a maioria segue dançando a mesma "valsa".
Viver é necessário, temos que seguir respirando, o show tem que continuar, choramos pelos milhares de mortos e ... "prossiga em movimento", mas ao mesmo tempo, as pessoas,  sobreviventes, nós que ainda estamos vivos pelos quatro cantos do mundo, temos que acordar e ver que esta tudo errado, tem um monte, milhares de canalhas lideres, donos do poder e milhares de canalhas seguidores que estão levando a raça humana em direção ao "buraco", a destruição e novamente a culpa é nossa também quando não fazemos nada, porque parece ser mais fácil morrer do que sair do conforto do sofá, dos controles e botões que fazem tudo por nós.
Quando aconteceu o lamentável 11 de Setembro nos USA eu pensei; talvez agora a humanidade repensara o seu papel no planeta e vai tentar começar a mudar esta rota trágica que muitos chamam de destino, mas depois de algum tempo todo mundo rezou e  esqueceu e aí veio mais desastres pelo mundo, terremotos no Haiti, guerras, guerrilhas urbanas, inundações no Brasil, milhares de assassinatos e desastres nas estradas assassinas e seguimos na mesma "valsa".
No caso do terremoto no Japão e da sequência de ondas gigantes é praticamente impossível prever e evitar algo desta proporção causada pela natureza, que pessoa no mundo morando na beira do mar, talvez preparando o seu marisco ou simplesmente olhando a paisagem do oceano, vai imaginar que vai ser atingido por uma montanha de agua de mais de 10 metros de altura? Agora na questão do desastre nuclear sim, como é que pode um aparato monstruoso deste, com tamanha chance de dar algo errado devido as condições e probabilidades de acidentes na natureza,  existir no local e colocar agora a vida de mais pessoas, não só no Japão como em varias partes do mundo em risco. O que é que eu tenho a ver com isto quando eu simplesmente quiser comer um peixe frito, tomar uma caipirinha e o "cara"( o peixe) que vai parar no meu prato, tinha saído de ferias da costa do Japão, foi apanhado em uma rede,pra virar a minha comida.






















Chernobyl








































































Imagens/google

sábado, 12 de março de 2011

segunda-feira, 7 de março de 2011

A musica, como um alimento pra alma.

A musica tem o poder de penetrar em algum espaço do seu cérebro e te fazer enxergar outras cores, visitar lugares do passado ou até tentar uma chegada antecipada no futuro. A musica pode mudar o seu dia, pra melhor, se você quiser, ou pelo menos as vezes, anestesiar um pouco a dor.
Quando eu era" moleque" conheci um dos melhores álbuns de rock da história; Burn do Deep Purple e ficava batucando burn na carteira da escola por muito tempo, eu e um amigo "japonês". Quando eu ouvia esta musica(Burn) ficava esperando a entrada do backing vocal; Glenn Hughes, que arrebentava tudo.
Glenn Hughes; uma das maiores vozes do rock mundial de todos os tempos
Neste  vídeo(abaixo) de uma TV japonesa,tem que se ter um pouco de paciência, mas é diferente, pra quem gosta de guitarra só vai dar um pouco de raiva quando entra uma propaganda no lugar do solo, mas tudo bem, vale a pena.
Glenn Hughes






















video
video
Burn Tokio/1994      De dirdami
You keep on moving/Australia 2006    De: Zontanonavagio