quarta-feira, 23 de março de 2011

Ninguem é o "CARA"! A passagem de Obama pelo Brasil.




De tempos em tempos vem um visitante estrangeiro ao Brasil(representando algum país) ou um presidente americano e na verdade a conversa segue mais ou menos a mesma de tempos passados; o Presidente americano elogia o Brasil, elevando o ego do povo lá paras alturas, antes era o país do futuro, o gigante e agora segundo o presidente Obama, o Brasil é o país do presente.Na pratica o que esta em jogo é a questão comercial, a venda de produtos, a defesa dos interesses de cada país. O que deveria ser feito não só pelo Brasil, mas  em todas as partes do planeta, era mudar as regras do jogo, simplificar, deixar de inventar nomes para convencer as massas de trabalhadores, que é quem na verdade "PEGA NO PESADO" , movimenta a riqueza do mundo. A regra deveria mudar simplesmente para; "Eu vendo, se você quer você compra e pra isto nos vamos pra mesa de negócios e acertamos as coisas de acordo com o que cada  um tem pra oferecer" Eu vendo se eu quiser, eu compro quando e o que eu quiser e de quem me oferecer melhores condições" Chega de história de país do futuro ou do presente,"caipirinha, pelé, Carnaval" chega de inventar termos e palavras pra enganar o povo: neo  liberalismo, globalização, nada disto existe, o que há de verdade é o protecionismo de cada país. A China com a sua moeda desvalorizada seus navios fabricas pela costa dos países, quer o que? Somente criar empregos no seu país e não ajudar o Brasil ou quem quer que seja.
Agora tem que existir regras de proteção pra  países pobres ou para países com escassez de alimentos ou determinado produto que não produza e necessite.
Obama é um "cara" legal, inspira confiança é bem intencionado mas como muitos dirigentes de outros países, depende de muitos fatores; o congresso, os donos do poder que investiram na sua campanha, a pressão da sociedade, mas naturalmente eu penso que ele é a pessoa certa neste momento e espero que algo comece a melhorar para os dois países e também pro resto do mundo.
No seu discurso quando ele elogia a democracia do Brasil, eu fiquei pensando:"Mas que democracia" pra mim o que existe no Brasil se chama "Demoniocracia". Aparentemente, claro que é melhor que a ditadura mas o uso capeão do estado pelos interesses do sistema financeiro e donos de imensas áreas de terras e poder segue igual ou pior e não da pra saber ao certo se morreram mais pessoas vitimas da ditadura ou agora vitimas do descaso, da falta de politicas publicas, politicas de segurança publica e saúde.
Um belo exemplo de " Demoniocracia" foi dado agora pelo supremo tribunal federal, quando em nome da legalidade jurídica, foi contra (não todos) mais de um milhão de votos do povo que não queria mais que políticos que não tinham a situação legal esclarecida não poderiam ocupar uma cadeira na politica. Onde esta o mesmo cumprimento da legalidade jurídica, da constituição, quando para defender o povo. Vou dar somente um exemplo; diz na constituição que as pessoas tem o direito mínimo a moradia, saúde e educação de qualidade. Que o cidadão tem o direito de ir e vir(cadê a proteção da segurança publica para que uma pessoa circule pelas ruas sem ser assassinado, assaltado etc) Cadê a democracia quando o estado diz que um chefe de família tem que viver com algo em torno de $500 enquanto um politico com mais de $20000. Democracia não trata de direitos iguais?

Fux desempata no STF e Ficha Limpa vale a partir de 2012http://br.noticias.yahoo.com/relator-mant%C3%A9m-voto-contra-ficha-limpa-em-2010-20110323-132452-560.html

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia do ladrão Fui roubado, entraram na minha casa, quebraram o vidro e arrombaram um cadeado, já era previsto e tinha tirado já ...