terça-feira, 18 de janeiro de 2011

A tragédia no Rio de Janeiro

Agora como muitos já estão dizendo, não é hora de ficar buscando os culpados. Agora todos da maneira que for possível tem que ajudar, por todo o Brasil estão colocando postos de atendimento para a Tragédia, é só procurar algum que esteja fazendo o trabalho correto e ajudar como possa. Mas voltando a busca pelos culpados, esta parte fica muito difícil, porque além da velha politica safada de sempre, que não vai acabar, que insiste em manter as coisas do mesmo jeito ou muito pior, tem a nossa parte, tem a nossa culpa, porque ninguém quer mudar nada, desde as coisas mais simples como jogar uma garrafa de plástico na rua ou tentar ajudar a mudar um projeto que cause danos ao curso natural do planeta, ninguém quer fazer um pouco de esforço para mudar. Ninguém quer ficar de fora da "louca corrida para manter o nível de consumo que a nossa dita civilização moderna, impõe ao pobre e desarmado ego de cada cidadão deste mundo"
Vou dar somente um exemplo muito simples; eu vivo numa casa antiga onde tem um terreno de 12mx30m, com muitas plantas,terra, um pé de guarana, outro de amora e onde moro tudo esta virando prédio e sobrados na minha volta. As construtoras compram um terreno do tamanho do meu, destroem e fazem 4 sobrados espremidos sem deixar nenhum pedaço sequer de terra para o escoamento da agua das chuvas. Agora imaginem só se no meu bairro que é uma área com boas casas, onde é alto o valor do  iptu, pelo jeito não deve ter plano diretor, fiscalização(antigamente não era permitido construir no terreno inteiro), então como andará a coisa em áreas sem controle algum.











Veja mais fotos http://veja.abril.com.br/multimidia/galeria-fotos/chuvas-no-rio-de-janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia do ladrão Fui roubado, entraram na minha casa, quebraram o vidro e arrombaram um cadeado, já era previsto e tinha tirado já ...