Total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de abril de 2011

" God Save The Queen"! Kate Middleton, o casamento real...e o que é que eu tenho a ver com isto!


Muitos falam na volta de Jesus a Terra, para finalmente terminar o "serviço", mas fico imaginando se caso isto acontecesse, como seria Cristo chegando em pleno casamento real, na Inglaterra. Ele chegando passando entre as pessoas, perto do palácio, perto dos inúmeros seguranças, se conseguisse chegar bem perto da entrada  , se apresentando; - Eu sou Jesus Cristo e vim para a festa de casamento, por onde que eu entro? Os seguranças não o levariam a sério, além de tudo, porquê nesta volta,possivelmente não estaria usando a sua tradicional roupa da época, talvez o seu cabelo estaria curto, poderia ser um punk, executivo, hippie ou vagabundo, poderia ser japonês, mestiço, negro, branco, mulato, ou até brasileiro do Rio de Janeiro. Não , ele não só não conseguiria entrar, como poderia ainda levar umas “porradas” dos seguranças que perderiam a paciência, se ele insistisse, afirmando ser jesus Cristo na sua ultima volta a Terra. Mesmo as milhares de pessoas que estariam  na entrada do palácio, gente que normalmente reza todos os dias e  pede pelo seu nome, não acreditariam e ele correria o risco de ser linchado por estar atrapalhando as pessoas,que espremidas querem ao menos ver um pedaço, um resto de alguma coisa que venha la de dentro.Fico imaginando a cena; ele sendo retirado pelos seguranças, as pessoas rindo e ele dizendo; - Eu preciso entrar, tenho que avisar este pessoal  que a coisa aqui fora tá muito feia, não tem mais tempo pra ficar nesta farra real , as pessoas estão morrendo, o mundo tá estourando por todos os lados, deixa eu entrar...
Todas as pessoas tem direitos iguais! Quanta diferença entre a pratica e a teoria, tudo começa no momento que a pessoa nascer, se a pessoa nascer dentro do palácio de Buckingham, for neto da rainha ou mesmo filho de um empregado que esfrega o chão, a sua vida sera bem diferente da pessoa que por acaso nasça em algum povoado pobre  da Africa, nas caatingas do sertão nordestino, ou mesmo em alguma favela de São Paulo.
Segundo quem entende do assunto, os gastos com as mordomias, com o sistema monárquico da Inglaterra se justificaria com a arrecadação, com o turismo. Bom...pelo menos se esta arrecadação ajudar o povo mais pobre inglês, então, tudo bem, “God save the Queen”, senão o que é que a gente vai  fazer...Terminando de escrever este texto, me veio na cabeça uma musica(carimbó) que ouvi quando viajava pela região de Manaus, Belém, e o refrão principal que o cara repetia era “ O pobre , o rico, tudo acaba no buraco”




















MOTORHEAD - God Save The Queen [The Sex Pistols Cover]mrmetalli

video
video

God Save The Queen Sex Pistols studio version/Bruscarulez

Um comentário:

  1. Vanderlei, segundo as Sagradas Escrituras, a segunda volta de Cristo, ele nem vai pisar na Terra, só vem buscar as pessoas que são chamadas a sua igreja (isso independe de denominações religiosas) e isso será tão rápido como uma fração de segundos. Quanto ao casamento, é triste, pois é o povão inglês que está custeando esta extravagância e ficam do lado de fora separados por um cercado tipo curral. Mas também infelizmente o povo está com a mente cauterizada e acha isso tudo lindo e aprova, mesmo quando voltam para suas casas e a despensa está minguada. Jesus veio pela primeira vez nascido da cidade com pior reputação e mais pobre de Israel, filho de carpinteiro, não era bonito, tinha as mãos calejadas e machucadas de trabalho, tudo isto jstamente para ver testificar o que as pessoas tinham no coração. Enquanto isso, vários países que a realeza britânica ajudou a esculhambar na África e Oriente Médio, estão passando um sufoco terrível entre guerras e miséria. vamos jogar cricket?

    ResponderExcluir