domingo, 30 de outubro de 2011

Sábado, mais um dia proibido de trabalhar, os artesãos protestam/SOS ARTESANATO DE SP PARTE III


Mais um sábado proibido de trabalhar, segue a repressão na Feirinha da Teodoro.
Vamos seguir com a nossa manifestação, as pessoas seguem assinando, a maioria pergunta o porque da proibição, também não entendem qual o motivo desta ação, pergunta que até pra nós que já fizemos de tudo e descobrimos também muita coisa que esta por traz disto, ficamos sem saber como responder.
A única coisa que podemos dizer com certeza é que esta errado proibir pessoas do seu direito ao trabalho, qualquer pessoa com o minimo de respeito aos direitos humanos entendem que não tem como ter o minimo de dignidade sem trabalho, nem os animais ficam sem trabalhar, vão a caça e como nós não podemos caçar dependemos do nosso local tradicional da feira. Ontem além da proibição do artesanato a fiscalização estava pegando até canetas de alguns garotos que trabalham junto com uma ONG. Você imagina uma cena desta, um garoto com meia duzias de canetas tendo que fugir da Tropa da Prefeitura, simplesmente por buscar uns trocados pra comprar um pão pra levar pra casa e ajudar na renda da familia. É coisa de Gente dar uma ordem desta? E quem permite, se cala, faz de conta que esta tudo bem, não se compromete, que tipo de educação teve na família, escola, pra achar uma coisa asquerosa desta normal? Se você não esta firme no seus atos, se eles não estão baseados na verdade eles já estão condenados diferente do que estamos fazendo, defendendo o direito legitimo ao trabalho, e eu não estou falando em nenhuma verdade suprema, inatingível estou falando simplesmente que é errado e até criminoso proibir uma pessoa de lutar para a sua sobrevivência, é desta verdade que digo. E pelo menos quem proíbe estes garotos então deveriam fazer alguma coisa de concreto, arrumando emprego decente para as milhares de pessoas desempregadas, agora, já... não a médio e longo prazo como costumam dizer porque as pessoas a não ser que forem muito saudáveis podem ficar apenas uns 8 dias sem comer, jejuando se abastecendo apenas de água. A médio e longo prazo somente podem ficar esperando os políticos que ganham muito bem, podem esperar meses por reuniões que não acontecem e que não resolvem nada, absolutamente NADA. Nós vamos seguir nesta luta, nadando contra a corrente, contra tudo o que esta errado, contra a ignorância, o descaso, contra um poder sem cara, um poder que vai contra pessoas que trabalham, contra as pessoas que usam pessoas do poder para beneficio próprio, levando desespero para milhares de pessoas, contra o uso errado da politica, as vezes um politico não presta determinado serviço porque tem compromissos com o partido e o ser humano é então deixado de lado. Um dia alguém vai acabar entendendo o que estamos dizendo, não vamos parar de falar porque acreditamos no que estamos querendo. A nossa batalha embora de forma diferente, mais simples e em um nível bem menor, é a mesma batalha por direitos e dignidade de Chico Mendes e Irmã Dorothy, de Gandhi, Che Guevara e de diversos outros anônimos desconhecidos , muitos covardemente assassinados porque este mesmo poder burro e sem rosto, diluído e com vários braços usa a mesma tática podre de mais de 2000 anos atrás. O mesmo poder que estuda, planeja as suas táticas e executa e passa por cima de quem se colocar contra estas ideias. É quase a mesma coisa, desde um poder estabelecido numa comunidade mais pobre até o dos grandes palácios como o que mandou Cristo para a morte. O poder quando usado de maneira errada atrasa a vida de muita gente e não é tão simples também eleger um culpado, um responsável, porque são muitos os que fazem parte e ajudam a maquina, impulsionam, direcionam, então fica mais fácil não  sentir culpa por determinadas consequências da falta de noção então depois tudo é muito simples, você pode pedir por exemplo que a prefeitura feche uma feirinha como a nossa que é somente aos sábados, por medo da concorrência ou porque quando você desce a calçada não quer ver um monte de gente se divertindo, depois muitas destas mesmas pessoas saem pelas ruas vestidas de branco pedindo pela paz, outras vão distribuir sopa grátis pro mesmo cara que ela ajudou a mandar pra debaixo do viaduto.SAI BEM MAIS BARATO.
Voltando ao assunto, o poder, pensa estar sempre no controle, dominando, quando é somente uma criança perdida, vagando pelo planeta seculo apoś seculos, usando tudo, devorando, sujando, matando...quer dizer, pensa que esta matando, porque algo que nasceu sem alma, já esta condenado, nasceu mortoe portanto não pode matar nada.



















Sofia e Manu moradoras da Vila Candida, da mesma calçada da Feirinha assinam abaixo assinado porque querem a volta da feira aos sabados








proibidos de vender canetas para ajudar a melhorar a renda da familia.
Estavam usando até o cracha da ONG que trabalham



Todos apoiam a Feirinha, as pessoas pedem para assinar.















Vendedores das lojas dizem também que nestes 3 sabados de proibição estão vendendo bem menos.
Isto é facil de entender o publico da rua gosta de descer a calçada e encontrar artesanato, arte e não a tropa da Policia Militar, alguns policiais é bom para dar proteção as pessoas, agora 50 espanta.



















Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia do ladrão Fui roubado, entraram na minha casa, quebraram o vidro e arrombaram um cadeado, já era previsto e tinha tirado já ...